Resgatar título de capitalização do Banco do Brasil é fácil? Confira

Resgatar título de capitalização do Banco do Brasil é fácil? Confira

Veja o que precisa fazer para resgatar um título de capitalização do Banco do Brasil e entenda as consequências para quem escolhe retirar antes do prazo.

1
12 de abril, 2019
Resgatar um título de capitalização do Banco do Brasil

Quem vai resgatar um título de capitalização do Banco do Brasil pode ter algumas dúvidas em relação ao processo.

Em geral, a retirada do dinheiro não é tão simples quanto sacar um prêmio de loteria, mas, ainda assim, resgatar um título de capitalização do Banco do Brasil torna-se prático quando você entende as regras.

Como resgatar título de capitalização do Banco do Brasil?

O resgate de um título comercializado pelo BB pode ser feito normalmente ao final da vigência, de maneira antecipada ou até mesmo em caso de vitórias nos sorteios.

A escolha feita pelo consumidor em relação ao momento de retirada vai refletir diretamente no saldo disponível para resgate.

Confira abaixo as regras específicas de cada modalidade de resgate e entenda as principais diferenças.

Resgatar ao final da vigência

Se você não tem pressa para reaver o dinheiro aplicado no título de capitalização, a melhor opção é sempre esperar até o final da vigência.

Quem espera o prazo de contrato ser encerrado tem a garantia de que receberá de volta 100% do que foi pago na aquisição do plano.

Isso é possível porque a parte das mensalidades voltada à formação do capital que será devolvido ao final da vigência passa por correções mensais.

Essas atualizações são baseadas na Taxa Referencial – a mesma da caderneta de poupança – e em uma taxa de juros de 0,5%.

Portanto, mesmo que partes das mensalidades sejam direcionadas aos sorteios e custos administrativos, as correções garantem que o titular tenha ao menos 100% do valor aplicado disponível para retirada.

Resgatar antes do prazo

A maior dúvida de parte dos consumidores é sobre como fazer resgate antecipadamente.

Essa opção existe no Ourocap – como são conhecidos os títulos de capitalização do Banco do Brasil – e pode ser uma boa alternativa para quem tem uma emergência financeira.

Apesar disso, é importante ficar atento: retirar o dinheiro antes do prazo traz consequências em relação aos valores disponíveis e a continuidade do título.

Antes de tudo, o consumidor precisa saber que existe um período de carência no título.

Qualquer retirada de valor poderá ser feita somente após este período.

No caso do Ourocap 36, por exemplo, o prazo é de seis meses após o início da vigência do plano.

Entretanto, a informação mais importante em relação ao resgate antes do prazo é que, ao fazer essa escolha, o consumidor perderá parte do dinheiro aplicado.

Os bancos precisam assegurar a ocorrência dos sorteios para que nenhum cliente seja prejudicado.

Portanto, quando um titular decide retirar integralmente os valores de seu título de forma antecipada, ele não recebe 100% do que foi gasto até o momento.

Além disso, ao optar pelo resgate total de seu capital, o consumidor também tem o título desativado e deixa de participar dos sorteios.

Resgatar prêmios de sorteios

Os sorteios, inclusive, também entram na pauta.

Afinal, é necessário saber como fazer resgate caso seja um dos contemplados.

Antes disso, no entanto, o consumidor precisa saber se seu título foi sorteado.

Existe uma área no próprio site do Banco do Brasil que permite a consulta aos resultados, que são baseados nos sorteios da Loteria Federal.

O banco também pode entrar em contato para informar o consumidor em caso de vitória.

Por este motivo, é importante estar com os dados sempre atualizados no cadastro.

O Banco do Brasil faz o pagamento em até 15 dias úteis, diretamente na conta do titular, permitindo que o resgate seja feito de maneira simples.

Um fator ao qual é importante se atentar é a incidência de Imposto de Renda para saber exatamente qual valor será resgatado.

No caso do Ourocap 36, os valores pagos nas premiações podem ter 30% de desconto.

Agora você já sabe como resgatar um título de capitalização do Banco do Brasil, mas já pensou também em apostar na Mega-Sena para ter mais chances de conseguir retirar um prêmio milionário?

SOBRE O AUTOR

Guilherme Parolim
Guilherme Parolim • Editor
Guilherme Parolim é formado em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Trabalhar com fatos o faz acreditar que pode vencer na loteria. Afinal, uma coisa é certa: alguém tem que ganhar! Saiba mais

Deixe um comentário

Vídeo mais recente

0
Urgente: preço das loterias aumentará ainda em 2019!
Ver Mais